A Bíblia

A História de Noé e o Dilúvio Guia de Estudo Bíblico

Precisa de orientação e clareza no amor, relacionamento, carreira e muito mais? Clique aqui para obter uma leitura de numerologia personalizada

A história de Noé e o dilúvio se desenrola em Gênesis  6:1-11:32. Ao longo da história, à medida que os filhos de Adão povoavam a terra, os humanos continuaram a ultrapassar os limites que Deus havia colocado sobre eles. Sua crescente desobediência fez com que Deus reafirmasse seu senhorio arquitetando um novo começo que daria à raça humana outra oportunidade de obediência .

A consequência da corrupção generalizada da humanidade foi um grande dilúvio que efetivamente acabou com tudo, exceto um remanescente de vida na terra. A graça de Deus preservou a vida de oito pessoas—Noé e sua família. Então Deus fez uma promessa de aliança de nunca mais destruir a terra pelo dilúvio.

Pergunta para reflexão

Noé era justo e irrepreensível, mas não era sem pecado (veja Gênesis 9:20-21). A Bíblia diz que Noé agradou a Deus e achou graça porque ele amava a Deus e lhe obedeceu de todo o coração. Como resultado, Noé deu o exemplo para toda a sua geração.

Embora todos ao seu redor seguissem o mal em seus corações, Noé seguiu a Deus. Sua vida é um exemplo ou você é influenciado negativamente pelas pessoas ao seu redor?

A História de Noé e o Dilúvio

Deus viu quão grande a maldade se tornou e decidiu varrer a humanidade da face da terra. Mas um homem justo entre todas as pessoas daquele tempo, Noé, achou favor aos olhos de Deus.

Com instruções muito específicas, Deus disse a Noé para construir uma arca para ele e sua família em preparação para um dilúvio catastrófico que destruiria todos os seres vivos na terra.

Deus também instruiu Noé a trazer para dentro da arca dois de todos os seres vivos, tanto machos como fêmeas, e sete pares de todos os animais limpos, junto com todo tipo de alimento a ser armazenado para os animais e sua família enquanto estivessem na arca. Noé obedeceu a tudo o que Deus lhe ordenou que fizesse.

Depois que Noé e sua família entraram na arca, a chuva caiu por um período de quarenta dias e noites. As águas inundaram a terra por cento e cinquenta dias, e todos os seres vivos foram destruídos.

À medida que as águas baixavam, a arca parou nas montanhas de Ararate. Noé e sua família continuaram esperando por quase mais oito meses enquanto a superfície da terra secava.

Revele quais números aparecem em SEU gráfico de numerologia »

Finalmente, depois de um ano inteiro, Deus convidou Noé a sair da arca. Imediatamente, Noé construiu um altar e ofereceu sacrifícios queimados com alguns dos animais limpos para dar graças a Deus pela libertação. Deus se agradou das ofertas e prometeu nunca mais destruir todos os seres viventes como acabara de fazer.

Mais tarde, Deus estabeleceu uma aliança com Noé: “Nunca mais haverá um dilúvio para destruir a terra.” Como sinal desta aliança eterna, Deus colocou um arco-íris no céu.

Contexto histórico

Muitas culturas antigas ao redor do mundo registram a história de um grande dilúvio do qual apenas um homem e sua família escaparam construindo um barco. Os relatos mais próximos da narrativa bíblica se originam na Mesopotâmia a partir de textos que datam por volta de 1600 AC.

Noé era neto de Matusalém , a pessoa mais velha da Bíblia, que morreu aos 969 anos no ano do dilúvio. O pai de Noé era Lameque, mas não sabemos o nome de sua mãe. Noé era um descendente da décima geração de Adão, o primeiro ser humano na terra.

As Escrituras nos dizem que Noé era um fazendeiro (Gênesis 9:20). Ele já tinha 500 anos quando teve três filhos: Sem, Cão e Jafé . Noé viveu 350 anos após o dilúvio e morreu aos 950 anos.

Principais temas e lições de vida

Os dois temas principais na história de Noé e do dilúvio são o julgamento de Deus sobre o pecado e suas boas novas de libertação e salvação para aqueles que confiam nele.

Veja quais números aparecem repetidamente em SEU gráfico de numerologia »

O propósito de Deus no dilúvio não era destruir as pessoas, mas destruir a maldade e o pecado . Antes de Deus decidir varrer o povo da face da terra, ele primeiro advertiu Noé, fazendo uma aliança para salvar Noé e sua família.

Durante todo o tempo em que Noé e sua família trabalharam constantemente para construir a arca (120 anos), Noé também pregou uma mensagem de arrependimento. Com o julgamento vindouro, Deus providenciou bastante tempo e uma maneira de escapar para aqueles que olhariam para ele com fé. Mas a geração perversa ignorou a mensagem de Noé.

A história de Noé serve como um exemplo de vida justa e fé duradoura diante de tempos completamente imorais e sem fé.

É importante notar que o pecado não foi apagado pelo dilúvio. Noé foi descrito na Bíblia como “justo” e “irrepreensível”, mas não era sem pecado. Sabemos que depois do dilúvio, Noé bebeu vinho e ficou bêbado (Gênesis 9:21). No entanto, Noé não se comportou como os outros ímpios de sua época, mas sim, “ andou com Deus ”.

Números de anjo comunicados com frequência:

Anjo Número 111 Anjo Número 222 Anjo Número 333 Anjo Número 444 Anjo Número 555 Anjo Número 666 Anjo Número 777 Anjo Número 888 Anjo Número 999

Pontos de interesse

  • O livro de Gênesis considera o dilúvio como uma grande linha divisória na história mundial, como se Deus estivesse apertando o botão de reset. A terra foi devolvida ao caos aquático primordial que existia antes de Deus começar a falar de vida em Gênesis 1:3.
  • Como Adão antes dele, Noé se tornou o pai da raça humana. Deus disse a Noé e sua família a mesma coisa que disse a Adão: “sede fecundos e multiplicai-vos”. ( Gênesis 1:28, 9:7 ).
  • Gênesis 7:16 mostra curiosamente que Deus os fechou na arca, ou “fechou a porta”, por assim dizer. Noé foi um tipo ou precursor de Jesus Cristo . Assim como Cristo foi selado na tumba após sua crucificação e morte , Noé foi encerrado na arca. Assim como Noé se tornou a esperança para a humanidade após o dilúvio, Cristo se tornou a esperança para a humanidade  após sua ressurreição .
  • Com mais detalhes em Gênesis 7:2-3, Deus instruiu Noé a pegar sete pares de cada tipo de animal puro e dois de cada tipo de animal impuro. Estudiosos da Bíblia calcularam que aproximadamente 45.000 animais poderiam caber na arca.
  • A arca era exatamente seis vezes mais longa do que larga. De acordo com as notas de estudo da Bíblia de Aplicação para a Vida, esta é a mesma proporção usada pelos modernos construtores de navios.
  • Nos tempos modernos, os pesquisadores continuam procurando evidências da Arca de Noé.

Origens

  • Enciclopédia Bíblica Padrão Internacional, James Orr, editor geral
  • New Unger’s Bible Dictionary, RK Harrison, editor
  • Holman Illustrated Bible Dictionary, Trent C. Butler, editor geral

 

 

Avalie este post
[Total: 1 Average: 5]

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
x

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.