Por que Jesus teve que morrer? Aprenda as razões cruciais porque Jesus teve que morrer

Por que Jesus teve que morrer? Essa questão incrivelmente importante envolve um assunto central para o cristianismo, mas responder com eficácia é muitas vezes difícil para os cristãos. Vamos dar uma olhada cuidadosa na questão e expor as respostas oferecidas nas Escrituras.

Mas antes de fazermos isso, é essencial entender que Jesus entendeu claramente sua missão na Terra – que envolvia sacrificar sua vida.

Em outras palavras, Jesus sabia que era a vontade de seu pai morrer.

Cristo provou sua presciência e compreensão de sua morte nestas passagens pungentes da Escritura:

Marcos 8:31
Então Jesus começou a dizer-lhes que ele, o Filho do Homem, sofreria muitas coisas terríveis e seria rejeitado pelos líderes, pelos principais sacerdotes e pelos mestres do direito religioso. Ele seria morto e, três dias depois, ele se levantaria novamente. (também, Marcos 9:31)

Marcos 10: 32-34
Levando os doze discípulos de lado, Jesus mais uma vez começou a descrever tudo o que estava prestes a acontecer com ele em Jerusalém.

“Quando chegarmos a Jerusalém”, disse-lhes ele, “o Filho do Homem será traído aos principais sacerdotes e aos mestres da lei religiosa. Eles o sentenciarão para morrer e o entregarão aos romanos. Eles zombarão dele, cuspa nele, bata nele com seus chicotes e mate-o, mas depois de três dias ele ressuscitará.”

Marcos 10:38
Mas Jesus respondeu: “Você não sabe o que está pedindo! Você é capaz de beber da amarga taça de tristeza que estou prestes a beber? Você é capaz de ser batizado com o batismo de sofrimento? Eu devo ser batizado como?

Marcos 10: 43-45
Quem quiser ser um líder entre vocês deve ser seu servo, e quem quiser ser o primeiro deve ser escravo de todos. Pois mesmo eu, o Filho do Homem, vim para cá não para ser servido, mas para servir aos outros e dar a minha vida em resgate por muitos. ”

Marcos 14: 22-25
Enquanto comiam, Jesus pegou um pedaço de pão e pediu a bênção de Deus sobre ele. Então ele quebrou em pedaços e deu aos discípulos, dizendo: “Tome, pois este é o meu corpo.”

E ele tomou uma taça de vinho e deu graças a Deus por isso. Ele deu a eles, e todos eles beberam. E ele lhes disse: “Este é o meu sangue, derramado por muitos, selando o pacto entre Deus e seu povo. Declaro solenemente que não vou beber vinho até o dia em que o beba de novo no Reino de Deus. ”

João 10: 17-18
“Portanto, meu Pai me ama, porque dou a minha vida para que eu possa tomá-la novamente. Ninguém a tira de mim, mas eu a dou de mim mesmo. Tenho poder para estabelecê-la; e Eu tenho poder para tomá-lo novamente. Este comando eu recebi do Meu Pai “.

Não importa quem matou Jesus?

Este último versículo também explica por que é inútil culpar os judeus ou os romanos – ou qualquer outra pessoa por ter matado Jesus.

Jesus, tendo o poder de “derrubá-lo” ou “tomá-lo novamente”, entregou sua vida livremente. Realmente não importa quem matou Jesus. Aqueles que pregaram as unhas só ajudaram a realizar o destino que ele cumpriu ao entregar sua vida na cruz.

Os seguintes pontos da Escritura o guiarão respondendo a pergunta: Por que Jesus teve que morrer?

Por que Jesus teve que morrer?

Deus é santo

Embora Deus seja todo misericordioso, todo poderoso e todo perdoador, Deus também é santo, justo e justo.

Isaías 5:16
Mas o Senhor dos exércitos é exaltado pela sua justiça. A santidade de Deus é exibida por sua justiça.

Pecado e Santidade são Incompatíveis

O pecado entrou no mundo através da desobediência de um homem ( Adão), e agora todas as pessoas nascem com uma “natureza pecaminosa”.

Romanos 5:12
Quando Adão pecou, ​​o pecado entrou em toda a raça humana. O pecado de Adão trouxe a morte, então a morte se espalhou para todos, porque todos pecaram.

Romanos 3:23
Porque todos pecaram; todos ficam aquém do padrão glorioso de Deus.

O pecado nos separa de Deus

Nosso pecado nos separa completamente da santidade de Deus.

Isaías 35: 8
E uma estrada estará lá; será chamado Caminho da Santidade. O impuro não viajará nele; será para aqueles que andam nesse caminho; Tolos malvados não irão sobre ele.

Isaías 59: 2
Mas as tuas iniqüidades separaram-te do teu Deus; os teus pecados esconderam o seu rosto de ti, para que ele não ouça.

A punição do pecado é a morte eterna

A santidade e a justiça de Deus exigem que o pecado e a rebelião sejam pagos pela punição.

A única penalidade ou pagamento pelo pecado é a morte eterna.

Romanos 6:23
Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus nosso Senhor.

Romanos 5:21
Assim como o pecado dominou sobre todas as pessoas e as trouxe à morte, agora a maravilhosa bondade de Deus governa, dando-nos o direito de estar com Deus e resultando em vida eterna através de Jesus Cristo, nosso Senhor.

Nossa morte é insuficiente para expiar o pecado

Nossa morte não é suficiente para expiar o pecado porque a expiação requer um sacrifício perfeito e sem mácula, oferecido da maneira correta. Jesus, o único homem-Deus perfeito, veio oferecer o sacrifício puro, completo e eterno para remover, expiar e fazer o pagamento eterno pelos nossos pecados.

1 Pedro 1: 18-19
Para você saber que Deus pagou um resgate para salvá-lo da vida vazia que você herdou de seus antepassados. E o resgate que ele pagou não era mero ouro ou prata. Ele pagou por você com a preciosa essência de Cristo, o impecável e imaculado Cordeiro de Deus.

Hebreus 2: 14-17
Visto que os filhos têm carne e sangue, ele também compartilha em sua humanidade para que por sua morte ele possa destruir aquele que detém o poder da morte – isto é, o diabo, e libertar aqueles que todas as suas vidas foram. mantido em escravidão pelo medo da morte.

Pois certamente não são os anjos que ele ajuda, mas os descendentes de Abraão. Por esta razão, ele teve que ser feito como seus irmãos em todos os sentidos, a fim de que ele pudesse se tornar um sumo sacerdote misericordioso e fiel no serviço a Deus, e que ele pudesse fazer expiação pelos pecados do povo.

Só Jesus é o Cordeiro Perfeito de Deus

Somente através de Jesus Cristo nossos pecados podem ser perdoados, restaurando assim nosso relacionamento com Deus e removendo a separação causada pelo pecado.

2 Coríntios 5:21
Deus fez aquele que não tinha pecado ser pecado por nós, para que nele nos tornássemos a justiça de Deus.

1 Coríntios 1:30
É por causa dele que você está em Cristo Jesus, que se tornou para nós sabedoria de Deus – isto é, nossa justiça, santidade e redenção.

Jesus é o Messias, Salvador

O sofrimento e a glória da vinda do Messias foram preditos nos capítulos 52 e 53 de Isaías. O povo de Deus no Antigo Testamento ansiava pelo Messias que os salvaria de seus pecados. Embora ele não tenha vindo na forma que eles esperavam, foi a sua fé que ansiava pela sua salvação que os salvou.

Nossa fé, que olha para trás para o seu ato de salvação, nos salva. Quando aceitamos o pagamento de Jesus pelo nosso pecado, seu sacrifício perfeito lava o nosso pecado e restaura a nossa posição correta perante Deus. A misericórdia e graça de Deus proporcionaram um caminho para nossa salvação.

Romanos 5:10
Pois desde que fomos restaurados para a amizade com Deus pela morte de seu Filho enquanto ainda éramos seus inimigos, certamente seremos libertos do castigo eterno por sua vida.

Quando estamos “em Cristo Jesus”, estamos cobertos pelo seu sangue através da sua morte sacrificial, os nossos pecados são pagos e já não temos de morrer uma morte eterna. Nós recebemos a vida eterna através de Jesus Cristo. É por isso que Jesus teve que morrer.

Veja mais: Aprendendo a Entender e Interpretar o Texto da Bíblia




Por que Jesus teve que morrer? Aprenda as razões cruciais porque Jesus teve que morrer
5 (100%) 1 vote[s]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *