A História da Criação – Resumo Bíblico e Lições

A História da Criação: O capítulo de abertura da Bíblia começa com estas palavras: “No princípio, Deus criou os céus e a terra”. Esta frase resume o drama que estava prestes a se desenrolar.

Aprendemos com o texto que a Terra era sem forma, vazia e escura, e o Espírito de Deus moveu-se sobre as águas preparando-se para realizar a Palavra criadora de Deus. E então Deus começou a falar da existência de sua criação. Uma conta do dia a dia segue.

7 dias de criação

Dia 1 – Deus criou a luz e separou a luz das trevas, chamando a luz de “dia” e escuridão “noite”.

Dia 2 – Deus criou uma expansão para separar as águas e chamou-a de “céu”.

Dia 3 – Deus criou a terra seca e reuniu as águas, chamando a terra seca “terra” e as águas reunidas “mares”. No terceiro dia, Deus também criou vegetação (plantas e árvores).

Dia 4 – Deus criou o sol, a lua e as estrelas para iluminar a terra e governar e separar o dia e a noite. Estes também serviriam como sinais para marcar estações, dias e anos.

Dia 5 – Deus criou todos os seres vivos dos mares e todos os pássaros alados, abençoando-os para multiplicar e encher as águas e o céu de vida.

Dia 6 – Deus criou os animais para encher a terra. No sexto dia, Deus também criou o homem e a mulher ( Adão e Eva ) à sua própria imagem para comungar com ele. Ele os abençoou e deu a eles toda criatura e toda a terra para governar, cuidar e cultivar.

  • Dia 7 – Deus havia terminado seu trabalho de criação e assim ele descansou no sétimo dia, abençoando-o e tornando-o santo.

Pontos de interesse da história da criação

Gênesis 1, a cena inicial do drama bíblico, nos apresenta os dois personagens principais da Bíblia: Deus e o homem. O autor Gene Edwards refere-se a este drama como o romance divino.

Aqui encontramos Deus, o Criador Todo-Poderoso de todas as coisas, revelando o objetivo supremo de seu amor – o homem – ao concluir a impressionante obra da criação. Deus preparou o palco. O drama começou.

Em resumo, a verdade simples da história da criação é que Deus é o autor da criação. Em Gênesis 1, nos é apresentado o começo de um drama divino que só pode ser examinado e entendido do ponto de vista da fé. Quanto tempo levou?

Como isso aconteceu, exatamente? Ninguém pode responder a essas perguntas definitivamente. De fato, esses mistérios não são o foco da história da criação. O propósito, ao contrário, é para a revelação moral e espiritual.

Deus ficou muito satisfeito com sua criação. Seis vezes ao longo do processo de criação, Deus parou, observou sua obra e viu que era bom.

Na inspeção final de tudo o que ele havia feito, Deus considerou como “muito bom”. Este é um ótimo momento para nos lembrarmos de que somos parte da criação de Deus. Mesmo quando você não se sentir digno do prazer dele, lembre-se de que Deus o criou e está satisfeito com você. Você é de grande valor para ele.

No versículo 26, Deus diz: “Façamos o homem à nossa imagem, à nossa semelhança …” Este é o único exemplo no relato da criação de que Deus usa a forma plural para se referir a si mesmo.

É interessante notar que isso acontece quando ele começa a criar o homem. Muitos estudiosos acreditam que esta é a primeira referência da Bíblia à Trindade.

No sétimo dia, Deus descansou. É difícil encontrar uma razão pela qual Deus precisaria descansar, mas aparentemente ele considerou importante.

O descanso é frequentemente um conceito desconhecido no nosso mundo agitado e acelerado. É socialmente inaceitável tirar um dia inteiro para descansar.

Deus sabe que precisamos de momentos refrescantes. Nosso exemplo, Jesus, passou um tempo sozinho longe das multidões. Portanto, não devemos nos sentir culpados quando reservamos tempo a cada semana para descansar e renovar nossos corpos, almas e espíritos.

Perguntas para Reflexão

A história mostra claramente que Deus estava se divertindo enquanto fazia a obra da criação. Como observado anteriormente, seis vezes ele pára e saboreia suas realizações. Se Deus tem prazer em sua obra, há algo errado em nos sentirmos bem com nossas realizações?

Você gosta do seu trabalho? Seja seu trabalho, seu passatempo ou seu serviço ministerial, se seu trabalho é agradável a Deus, então também deve trazer prazer para você.

Considere o trabalho de suas mãos. Que coisas você está fazendo para trazer prazer a você e a Deus?

Referência das Escrituras

Gênesis 1: 1-2: 3

Veja mais: Aprendendo a Entender e Interpretar o Texto da Bíblia




4.8
11

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *