A Bíblia

Satanás tenta Jesus no deserto – Resumo da história da Bíblia

Referências das Escrituras Mateus 4: 1-11; Marcos 1: 12-13; Lucas 4: 1-13 Satanás tenta Jesus no deserto – Resumo da história: Depois de seu batismo por João Batista, Jesus Cristo foi levado ao deserto pelo Espírito Santo, para ser tentado pelo Diabo. Jesus jejuou lá 40 dias.

Satanás disse: “Se você é o Filho de Deus, ordene a esta pedra que se transforme em pão”. (Lucas 4: 3) Jesus respondeu com as Escrituras, dizendo a Satanás que o homem não vive só de pão.

Então Satanás levou Jesus e mostrou-lhe todos os reinos do mundo, dizendo que eles estavam todos sob o controle do Diabo. Ele prometeu a Jesus para entregá-los a ele, se Jesus caísse e o adorasse.

Mais uma vez, Jesus citou a Bíblia: “Adorarás o Senhor teu Deus e só a ele servirás”. ( Deuteronômio 6:13)

Quando Satanás tentou Jesus pela terceira vez, ele o levou ao ponto mais alto do templo em Jerusalém e o desafiou a se jogar para baixo. O Diabo citou o Salmo 91: 11-12, usando erroneamente os versículos para sugerir que os anjos protegeriam Jesus.

Jesus voltou com Deuteronômio 6:16: “Você não porá à prova o Senhor seu Deus”.

Vendo que ele não poderia derrotar Jesus, o Satanás o deixou. Então os anjos vieram e ministraram ao Senhor.

Veja mais: Como pregar a palavra de deus

Satanás tenta Jesus no deserto – Resumo da história da Bíblia

Pontos de Interesse da Tentação do Deserto de Jesus

Mateus e Lucas listam as tentações de Satanás em diferentes ordens. Mark meramente resume o evento. O Evangelho de João não menciona nada disso.

Os 40 dias de jejum de Jesus nos lembram os 40 anos que os israelitas vagaram no deserto e os 40 dias de jejum de Moisés e Elias.

O Espírito de Deus levou Jesus ao deserto, ou ao lugar da tentação, mas não foi o Espírito de Deus que causou a tentação. Satanás tentou Jesus. Não podemos culpar a Deus pelas tentações que enfrentamos.

Esta não foi uma pequena batalha. A vontade de Deus e a vontade do diabo se encontraram em um confronto terrível. Satanás tentou arruinar o plano de salvação de Deus fazendo com que Jesus pecasse, porque um Messias pecaminoso não poderia ser um sacrifício digno para a humanidade. Mas Jesus sempre foi capaz de ver através dos esquemas do Diabo, e ele é muito mais poderoso que Satanás.

As três tentações de Jesus correspondem a tentações comuns a todos nós hoje: a luxúria da carne (fome de todos os tipos); a luxúria dos olhos ou a cobiça; e o orgulho da vida, ou desejo pelo poder.

Não foi por acaso que Satanás tentou Jesus imediatamente após o seu batismo. Muitos novos crentes experimentam testes semelhantes logo após a salvação e o batismo.

Porque ele era totalmente humano, Jesus é capaz de simpatizar com nossas lutas e nos dar a ajuda exata que precisamos para resistir à tentação.

Pergunta para reflexão

Quando estou tentada, luto com a verdade da Bíblia ou tento derrotá-la com minha própria força de vontade? Jesus derrotou os ataques de Satanás com uma poderosa punhalada da espada de Deus – a Palavra da Verdade. Faríamos bem em seguir o exemplo de nosso Salvador.

Veja mais: Como pregar a palavra de deus

(Fontes: www.gotquestions.org, Lenski, RCH, A Interpretação do Evangelho de São Mateus.)

 

Avalie este post
[Total: 0 Average: 0]

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
x