Pin It

A Bíblia

O que é o perdão segundo a Bíblia? A Bíblia ensina dois tipos de perdão

O que é o perdão segundo a Bíblia? A Bíblia ensina dois tipos de perdão

O que é perdão? Existe uma definição de perdão na Bíblia? O perdão bíblico significa que os crentes são considerados limpos por Deus? E qual deve ser nossa atitude em relação aos outros que nos feriram?

Dois tipos de perdão aparecem na Bíblia: o perdão de Deus pelos nossos pecados e nossa obrigação de perdoar os outros. Este assunto é tão importante que o nosso destino eterno depende disso.

O que é perdão por Deus?

A humanidade tem uma natureza pecaminosa.

Adão e Eva desobedeceram a Deus no Jardim do Éden, e os humanos têm pecado contra Deus desde então.

Deus nos ama demais para nos deixar nos destruir no inferno. Ele forneceu uma maneira de sermos perdoados, e assim é por meio de Jesus Cristo. Jesus confirmou isso em termos inequívocos quando disse:

“Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai senão por mim”. (João 14: 6,) O plano de salvação de Deus era enviar Jesus, seu único Filho, ao mundo como sacrifício pelos nossos pecados.

Esse sacrifício foi necessário para satisfazer a justiça de Deus. Além disso, esse sacrifício tinha que ser perfeito e impecável.

Por causa de nossa natureza pecaminosa, não podemos reparar nosso relacionamento rompido com Deus por conta própria. Somente Jesus estava qualificado para fazer isso por nós.

Na Última Ceia, na noite anterior à sua crucificação, ele tomou um copo de vinho e disse aos seus apóstolos: “Este é o meu sangue do pacto, que é derramado por muitos para o perdão dos pecados.” (Mateus 26:28)

No dia seguinte, Jesus morreu na cruz, tomando a punição devida a nós e expiando nossos pecados. No terceiro dia depois disso, ele ressuscitou dos mortos, conquistando a morte para todos os que crêem nele como Salvador. João Batista e Jesus ordenaram que nos arrependêssemos ou nos afastássemos de nossos pecados para receber o perdão de Deus.

Quando o fazemos, nossos pecados são perdoados e temos a certeza da vida eterna no céu.

O que é o perdão dos outros?

Como crentes, nosso relacionamento com Deus é restaurado, mas e quanto ao nosso relacionamento com nossos semelhantes? A Bíblia afirma que quando alguém nos fere, estamos sob a obrigação de Deus perdoar essa pessoa. Jesus é muito claro sobre este ponto:

Mateus 6: 14-15
Porque, se perdoardes outras pessoas quando elas pecam contra ti, o teu Pai celestial também te perdoará. Mas se você não perdoar os pecados dos outros, seu Pai não perdoará seus pecados.

Recusar-se a perdoar é um pecado. Se recebermos perdão de Deus, devemos dar a outros que nos magoam.

Não podemos guardar rancor ou buscar vingança. Devemos confiar em Deus por justiça e perdoar a pessoa que nos ofendeu. Isso não significa que devemos esquecer a ofensa; geralmente, isso está além do nosso poder. Perdão significa liberar o outro da culpa, deixando o evento nas mãos de Deus e seguindo em frente.

Podemos retomar um relacionamento com a pessoa se tivermos uma, ou não, se não existisse antes. Certamente, a vítima de um crime não tem obrigação de se tornar amiga do criminoso. Deixamos para os tribunais e para Deus julgá-los.

Nada se compara à liberdade que sentimos quando aprendemos a perdoar os outros. Quando escolhemos não perdoar, nos tornamos escravos da amargura. Nós somos os que mais nos magoam por não ter perdão.

Em seu livro, ” Perdoe e esqueça “, Lewis Smedes escreveu estas palavras profundas sobre o perdão:

“Quando você liberta o malfeitor do erro, você corta um tumor maligno da sua vida interior. Você liberta um prisioneiro, mas descobre que o verdadeiro prisioneiro era você mesmo.”

Resumindo o perdão

O que é perdão? A Bíblia inteira aponta para Jesus Cristo e sua missão divina para nos salvar de nossos pecados. O apóstolo Pedro resumiu assim:

Atos 10: 39-43
Somos testemunhas de tudo o que ele fez no país dos judeus e em Jerusalém. Eles o mataram pendurando-o numa cruz, mas Deus o ressuscitou dos mortos no terceiro dia e o fez ser visto.

Ele não foi visto por todas as pessoas, mas por testemunhas que Deus já havia escolhido – por nós que comemos e bebemos com ele depois que ele ressuscitou dos mortos.

Ele nos mandou pregar ao povo e testificar que ele é aquele a quem Deus designou como juiz dos vivos e dos mortos. Todos os profetas testificam sobre ele que todo aquele que nele crê recebe o perdão dos pecados pelo seu nome.

Veja mais: Aprendendo a Entender e Interpretar o Texto da Bíblia




Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.