Descubra o mundo dos Seres Celestiais: Uma introdução completa

Precisa de orientação e clareza no amor, relacionamento, carreira e muito mais? Clique aqui para obter uma leitura de numerologia personalizada

Os Seres Celestiais são uma parte fascinante das diversas mitologias, religiões e crenças ao redor do mundo. Eles são frequentemente retratados como seres superiores, dotados de poderes divinos e que habitam os reinos celestiais. Nesta introdução, vamos explorar as diferentes visões dos Seres Celestiais em algumas tradições religiosas e mitologias populares.

  1. Mitologia Grega: Na mitologia grega, os Seres Celestiais são conhecidos como deuses e deusas do Olimpo. Eles são retratados como seres imortais, poderosos e responsáveis por governar e controlar aspectos específicos do mundo. Entre os Seres Celestiais gregos mais famosos estão Zeus, o rei dos deuses; Hera, a rainha dos deuses e protetora do casamento; Atena, deusa da sabedoria; e Apolo, deus da luz e da música.
  2. Religião Cristã: Na tradição cristã, os Seres Celestiais são retratados como anjos. Eles são considerados mensageiros divinos e servos de Deus. Os anjos são frequentemente descritos como seres alados, puros e benevolentes, que estão envolvidos na proteção e orientação dos seres humanos. Os anjos mais conhecidos incluem Gabriel, que anunciou o nascimento de Jesus; Miguel, o líder dos exércitos celestiais; e Rafael, o curador divino.
  3. Mitologia Nórdica: A mitologia nórdica apresenta uma variedade de Seres Celestiais, muitos dos quais são deuses. Odin, Thor, Freyja e Loki são alguns dos Seres Celestiais mais proeminentes na mitologia nórdica. Eles habitam reinos divinos como Asgard e são conhecidos por suas habilidades de combate, poderes sobre os elementos naturais e sua influência sobre o destino dos seres humanos.
  4. Hinduísmo: No hinduísmo, os Seres Celestiais são chamados de devas e devatas. Eles ocupam diferentes níveis de existência celestial e são adorados como divindades. Existem deuses celestiais associados a aspectos específicos da vida, como Indra, o rei dos devas e deus do trovão; Vishnu, o preservador do universo; e Shiva, o destruidor e transformador.
  5. Mitologia Chinesa: Na mitologia chinesa, os Seres Celestiais são frequentemente associados ao céu e à natureza. O Imperador de Jade é um Ser Celestial importante na mitologia chinesa, governando o reino celeste e decidindo o destino dos mortais. Além disso, existem figuras mitológicas como os dragões celestiais, que são considerados seres divinos e benevolentes.

Esses são apenas alguns exemplos dos Seres Celestiais presentes em diferentes tradições religiosas e mitológicas. Em todo o mundo, existem várias outras crenças e interpretações sobre esses seres superiores.

Essas figuras divinas desempenham papéis significativos nas narrativas mitológicas, religiosas e espirituais, oferecendo orientação, proteção e inspiração para aqueles que acreditam neles.

Os 3 coros angélicos da 3ª esfera do Céu

Na tradição cristã, existem nove coros angélicos ou ordens angelicais, divididos em três esferas diferentes. Cada esfera contém três coros angélicos. Na terceira esfera do céu, os coros angélicos são os seguintes:

  1. Serafins: Os Serafins são considerados os serafins mais altos na hierarquia angelical. Eles estão mais próximos de Deus e são descritos como ardentes e radiantes. Os Serafins são conhecidos por sua devoção e adoração a Deus. Na Bíblia, eles são mencionados no livro de Isaías, onde são descritos como tendo seis asas e clamando “Santo, Santo, Santo é o Senhor dos Exércitos”.
  2. Querubins: Os Querubins são frequentemente retratados como seres com quatro asas e múltiplos rostos. Eles são guardiões dos mistérios divinos e possuem um conhecimento profundo. Os Querubins são associados à sabedoria divina e à iluminação espiritual. Eles são mencionados em vários textos religiosos, incluindo o livro do Gênesis, onde são descritos como guardiões do Jardim do Éden.
  3. Tronos: Os Tronos são os seres celestiais responsáveis pela adoração a Deus e pela execução de sua vontade. Eles são frequentemente representados como rodas ou anéis de fogo, cheios de olhos. Os Tronos são conhecidos por sua paz e estabilidade. Eles atuam como mediadores entre Deus e outros anjos, transmitindo as mensagens divinas. Na tradição cristã, eles são mencionados no livro de Colossenses e no livro de Ezequiel.

Esses são os três coros angélicos da terceira esfera do céu na tradição cristã. Cada coro desempenha um papel único na adoração, na sabedoria divina e na execução da vontade de Deus. Vale ressaltar que as descrições e interpretações dos coros angélicos podem variar de acordo com diferentes tradições religiosas e teológicas.

Seres celestiais

Os seres celestiais são entidades sobrenaturais ou divinas que são associadas aos céus ou reinos celestiais em várias tradições religiosas, mitologias e crenças espirituais. Eles são frequentemente retratados como seres superiores, dotados de poderes divinos e influência sobre o mundo humano. Aqui estão algumas categorias amplas de seres celestiais encontrados em diferentes tradições:

  1. Anjos: Os anjos são seres celestiais encontrados em várias tradições religiosas, como o cristianismo, o judaísmo e o islamismo. Eles são frequentemente considerados mensageiros ou servos de Deus, encarregados de transmitir mensagens divinas, proteger os seres humanos e executar a vontade divina.
  2. Deuses e Deusas: Nas mitologias antigas e em algumas religiões politeístas, os deuses e deusas são frequentemente associados aos céus e são considerados seres celestiais. Eles governam e controlam diferentes aspectos da vida e da natureza, como o céu, o sol, a lua, os elementos naturais, o amor, a sabedoria, entre outros.
  3. Espíritos Celestiais: Em algumas tradições espirituais, existem seres celestiais que estão ligados aos planos divinos ou elevados da existência. Esses espíritos celestiais são frequentemente considerados como seres de luz, sabedoria e consciência elevada, que podem oferecer orientação espiritual e ajuda aos seres humanos.
  4. Seres Ascendidos: Em algumas crenças esotéricas e espirituais, há a ideia de seres humanos que alcançaram um nível elevado de evolução espiritual e ascenderam para reinos celestiais. Esses seres são considerados mestres espirituais, dotados de sabedoria profunda e amor compassivo, e podem servir como guias e professores para os buscadores espirituais.
  5. Seres Celestiais Sem Nome: Em algumas tradições místicas e espirituais, a existência de seres celestiais além das categorias convencionais é mencionada. Esses seres podem ser descritos como seres de luz, consciência pura ou energia divina, que transcendem as limitações humanas e habitam reinos além da compreensão humana.

É importante ressaltar que as descrições e interpretações dos seres celestiais variam amplamente entre diferentes culturas, religiões e sistemas de crenças. Esses seres muitas vezes desempenham papéis significativos na cosmologia, na adoração e na espiritualidade das pessoas que acreditam neles.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

x
Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Também compartilhamos informações sobre o uso de nosso site com nossos parceiros de mídia social, publicidade e análise. Política de Cookies View more
Aceitar
Recusar