Pin It
Guia universal como elaborar sermões com facilidade

Descubra como elaborar suar primeiras mensagens de forma prática, simples e eficaz!

Guia universal como elaborar sermões com facilidade

Espiritualidade

O Santo dos Santos – Onde Deus e o Homem se Encontraram

O Santo dos Santos – Onde Deus e o Homem se Encontraram

O Santo dos Santos era a câmara mais recôndita do tabernáculo do deserto, uma sala tão sagrada que apenas uma pessoa poderia entrar, e então apenas um dia fora do ano inteiro.

Este quarto era um cubo perfeito, com 15 pés em cada direção. Apenas um objeto foi alojado ali: a arca da aliança. Não havia luz dentro da câmara além do brilho da glória de Deus.

Um véu grosso e bordado separava o lugar sagrado do Santo dos Santos dentro da tenda de reunião.

Sacerdotes regulares eram permitidos no lugar sagrado externo, mas o Santo dos Santos só podia ser inscrito pelo sumo sacerdote no Dia Anual da Expiação, ou Iom Kipur.

Naquele dia, o sumo sacerdote tomava banho, depois vestia as roupas limpas do sacerdote. Seu manto tinha sinos de ouro sólidos pendurados na bainha.

O barulho dos sinos dizia às pessoas que ele estava fazendo expiação pelos seus pecados. Ele entrou no santuário interior com um incensário de incenso ardente, que produzia fumaça espessa, escondendo o propiciatório na arca onde Deus estava. Qualquer um que visse a Deus morreria instantaneamente.

O sumo sacerdote então aspergiria o sangue de um touro sacrificado e um bode sacrificado na cobertura da expiação da arca, para compensar os pecados dele e do povo.

Nova Aliança, Nova Liberdade

A antiga aliança que Deus fez através de Moisés com os israelitas exigiu sacrifícios regulares de animais. Deus viveu entre o seu povo no Santo dos Santos, primeiro no tabernáculo do deserto, depois nos templos de pedra em Jerusalém.

Tudo mudou com o sacrifício de Jesus Cristo na cruz. Quando Jesus morreu, o véu do templo foi rasgado de alto a baixo, significando que a barreira entre Deus e seu povo foi tirada.

Na morte de Jesus, o primeiro Santo dos Santos, ou o trono de Deus no céu, tornou-se acessível a todo crente.

  Os cristãos podem se aproximar de Deus com confiança, não por mérito próprio, mas pela justiça que lhes é creditada pelo sangue derramado de Cristo.

Jesus expiou de uma vez por todas os pecados da humanidade e, ao mesmo tempo, tornou-se nosso sumo sacerdote, agindo em nosso favor diante de seu Pai:

Portanto, os irmãos santos, que participam do chamado celestial, fixam seus pensamentos em Jesus, o apóstolo e sumo sacerdote a quem confessamos. (Hebreus 3: 1)

Deus não mais se limita ao Santo dos Santos, separado de seu povo. Quando Cristo subiu ao céu, todo cristão tornou-se um templo do Espírito Santo, uma morada viva de Deus. Jesus disse:

E eu pedirei ao Pai, e ele lhe dará outro Conselheiro para estar com você para sempre, o Espírito da verdade. O mundo não pode aceitá-lo, porque não o vê nem o conhece. Mas você o conhece, porque ele mora com você e estará em você. Eu não vou deixar você como órfão; Eu virei para você. (João 14: 16-18,)

Referências Bíblicas ao Santo dos Santos:

Êxodo 26: 33,34; Levítico 16: 2, 16, 17, 20, 23, 27, 33; I Reis 6:16, 7:50, 8: 6; I Crônicas 6:49; 2 Crônicas 3: 8, 10, 4:22, 5: 7; Salmo 28: 2; Ezequiel 41:21, 45: 3; Hebreus 9: 1, 8, 12, 25, 10:19, 13:11.

Também conhecido como:

Lugar Santíssimo, santuário, santuário sagrado, lugar sagrado, o mais sagrado de todos

Veja mais: Aprendendo a Entender e Interpretar o Texto da Bíblia




GUIA UNIVERSAL

COMO ELABORAR SERMÕES EFICAZES

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.