Pin It

Espiritualidade

O batismo de Jesus por João – Resumo da história

O batismo de Jesus por João – Resumo da história

O batismo de Jesus por João – Antes de Jesus começar seu ministério terrestre, João Batista foi o mensageiro designado por Deus. João estava viajando, anunciando a vinda do Messias ao povo em todas as regiões de Jerusalém e da Judéia.

João chamou as pessoas para se prepararem para a vinda do Messias e se arrependerem, abandonarem seus pecados e serem batizadas. Ele estava apontando o caminho para Jesus Cristo.

Até esse momento, Jesus passara a maior parte de sua vida terrena em uma obscuridade silenciosa.

De repente, ele apareceu em cena, caminhando até John no rio Jordão. Ele veio a João para ser batizado, mas João lhe disse: “Preciso ser batizado por você”. Como a maioria de nós, John se perguntou por que Jesus pediu para ser batizado.

Jesus respondeu: “Assim seja agora, pois assim nos convém cumprir toda a justiça”. Embora o significado desta afirmação seja um pouco incerto, levou João a consentir em batizar Jesus. No entanto, confirma que o batismo de Jesus foi necessário para cumprir a vontade de Deus.

Depois que Jesus foi batizado, quando ele subiu da água, os céus se abriram e ele viu o Espírito Santo descer sobre ele como uma pomba. Deus falou do céu dizendo: “Este é o meu amado Filho, com quem me comprazo”.

Pontos de Interesse da história do batismo de Jesus

João sentiu-se tremendamente desqualificado para fazer o que Jesus lhe pedira. Como seguidores de Cristo, muitas vezes nos sentimos inadequados para cumprir a missão que Deus nos chama a fazer.

Por que Jesus pediu para ser batizado? Esta questão tem intrigado os estudantes da Bíblia ao longo dos tempos.

Jesus era sem pecado; ele não precisava de limpeza. Não, o ato do batismo fazia parte da missão de Cristo ao vir à Terra. Como os antigos sacerdotes de Deus – Moisés, Neemias e Daniel – Jesus confessava o pecado em nome das pessoas do mundo.

Da mesma forma, ele estava endossando o ministério de batismo de João.

O batismo de Jesus foi único. Era diferente do “batismo de arrependimento” que John estava realizando. Não foi um “batismo cristão” como experimentamos hoje. O batismo de Cristo foi um passo de obediência no início de seu ministério público para identificar-se com a mensagem de arrependimento de João e o movimento de reavivamento que havia começado.

Ao se submeter às águas do batismo, Jesus se ligou àqueles que estavam vindo para João e se arrependendo. Ele estava dando um exemplo para todos os seus seguidores também.

O batismo de Jesus também fazia parte de sua preparação para a tentação de Satanás no deserto. O batismo foi um prenúncio da morte, sepultamento e ressurreição de Cristo. E finalmente, Jesus estava anunciando o começo de seu ministério na terra.

O Batismo de Jesus e a Trindade

doutrina da trindade foi expressa no relato do batismo de Jesus:

Assim que Jesus foi batizado, ele saiu da água. Naquele momento o céu foi aberto e ele viu o Espírito de Deus descendo como uma pomba e pousando nele. E uma voz do céu disse: “Este é o meu Filho, a quem amo; com ele me comprazo”. (Mateus 3: 16–17)

Deus o Pai falou do céu, Deus o Filho foi batizado, e Deus o Espírito Santo desceu sobre Jesus como uma pomba.

A pomba foi um sinal imediato de aprovação da família celestial de Jesus. Todos os três membros da Trindade apareceram para alegrar Jesus. Os seres humanos presentes podiam ver ou ouvir sua presença. Todos os três deram testemunho aos observadores de que Jesus Cristo era o Messias.

Pergunta para reflexão

João havia dedicado sua vida à preparação para a chegada de Jesus. Ele concentrou toda a sua energia neste momento. Seu coração estava ligado à obediência. No entanto, a primeira coisa que Jesus lhe pediu para fazer, John resistiu.

João resistiu porque se sentiu desqualificado, indigno de fazer o que Jesus havia pedido. Você se sente inadequado para cumprir sua missão de Deus?

João sentiu-se indigno até mesmo por desatar os sapatos de Jesus, mas Jesus disse que João era o maior de todos os profetas (Lucas 7:28). Não deixe que seus sentimentos de inadequação o impeçam de sua missão designada por Deus.

Referências bíblicas ao batismo de Jesus

Mateus 3: 13-17; Marcos 1: 9-11; Lucas 3: 21-22; João 1: 29-34.

Veja mais: Aprendendo a Entender e Interpretar o Texto da Bíblia




Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.