Pin It
Guia universal como elaborar sermões com facilidade

Descubra como elaborar suar primeiras mensagens de forma prática, simples e eficaz!

Guia universal como elaborar sermões com facilidade

A Bíblia

A história de Jonas e a baleia – lições maiores do que a vida

A história de Jonas e a baleia – lições maiores do que a vida

Obediência é o tema da história de Jonas e da baleia. A história de Jonas e a Baleia, um dos mais estranhos relatos da Bíblia, começa com Deus falando a Jonas, filho de Amittai, ordenando-lhe que pregue o arrependimento para a cidade de Nínive.

Jonas achou essa ordem insuportável. Não só era Nínive conhecida por sua maldade, mas também era a capital do império assírio, um dos mais ferozes inimigos de Israel. Jonah, um sujeito teimoso, fez exatamente o oposto do que lhe disseram.

Ele foi até o porto de Jope e reservou uma passagem em um navio para Társis, indo diretamente para longe de Nínive. A Bíblia nos diz que Jonas “fugiu do Senhor”.

Em resposta, Deus enviou uma tempestade violenta, que ameaçou quebrar o navio em pedaços. A tripulação apavorada lançou muitos, determinando que Jonas era responsável pela tempestade.

Jonah disse-lhes para jogá-lo ao mar. Primeiro, eles tentaram remar até a praia, mas as ondas ficaram ainda mais altas. Com medo de Deus, os marinheiros finalmente jogaram Jonas no mar, e a água imediatamente se acalmou. A tripulação fez um sacrifício a Deus jurando votos a ele.

Em vez de se afogar, Jonas foi engolido por um grande peixe, que Deus providenciou. No ventre da baleia, Jonas se arrependeu e clamou a Deus em oração. Ele louvou a Deus, terminando com a afirmação profeticamente sinistra: “A salvação vem do Senhor”. (Jonas 2: 9)

Jonas ficou no peixe gigante por três dias. Deus comandou a baleia e vomitou o relutante profeta em terra seca.

Desta vez, Jonas obedeceu a Deus. Ele caminhou por Nínive proclamando que em quarenta dias a cidade seria destruída. Surpreendentemente, os ninivitas acreditaram na mensagem de Jonas e se arrependeram, vestindo pano de saco e cobrindo-se em cinzas. Deus teve compaixão deles e não os destruiu.

Novamente Jonas questionou a Deus porque Jonas estava com raiva porque os inimigos de Israel haviam sido poupados.

Quando Jonas parou fora da cidade para descansar, Deus providenciou uma vinha para protegê-lo do sol quente. Jonas ficou feliz com a videira, mas no dia seguinte Deus providenciou um verme que comeu a videira, fazendo com que ela secasse. Crescendo fraco no sol, Jonah reclamou novamente.

Deus repreendeu Jonas por se preocupar com uma videira, mas não com Nínive, que tinha 120 mil pessoas perdidas. A história termina com Deus expressando preocupação até sobre os ímpios.

Referências das Escrituras de Jonas e a baleia

2 Reis 14:25, O  livro de Jonas, Mateus 12: 38-41, 16: 4; Lucas 11: 29-32.

Pontos de Interesse da História de Jonas e a baleia

Deus comanda tudo em sua criação, do tempo a uma baleia, para realizar seu plano. Deus está no controle.

Jonas passou a mesma quantidade de tempo – três dias – dentro da baleia, como Jesus Cristo fez na tumba. Cristo também pregou a salvação para os perdidos.

Não é importante se foi um grande peixe ou uma baleia que engoliu Jonas. O ponto da história é que Deus pode fornecer um meio sobrenatural de resgate quando seu povo está em apuros.

Alguns estudiosos acreditam que os ninivitas prestaram atenção a Jonas por causa de sua aparência bizarra. Eles especulam que o ácido estomacal da baleia branqueou o cabelo, a pele e a roupa de Jonah como um branco fantasmagórico.

Jesus não considerou o livro de Jonas uma fábula ou mito. Embora os céticos modernos achem impossível que um homem possa sobreviver dentro de um grande peixe por três dias, Jesus se comparou a Jonas, mostrando que esse profeta existia e que a história era historicamente precisa.

Pergunta para reflexão

Jonas achava que ele sabia melhor que Deus. Mas no final, ele aprendeu uma valiosa lição sobre a misericórdia e o perdão do Senhor, que se estende além de Jonas e Israel para todas as pessoas que se arrependem e crêem.

Existe alguma área da sua vida em que você está desafiando a Deus e racionalizando-o? Lembre-se de que Deus quer que você seja aberto e honesto com ele. É sempre sábio obedecer Aquele que mais te ama.

Veja mais: Aprendendo a Entender e Interpretar o Texto da Bíblia




GUIA UNIVERSAL

COMO ELABORAR SERMÕES EFICAZES

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.